Pesquisar

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Estrangeiros...



Eu entendi isso há alguns meses, em um sábado, quando um amigo meu, diácono da igreja, conversava comigo, no lado do templo, à tarde, pegou minha Bíblia e abriu no último capítulo de Neemias e leu os últimos versículos. Na hora eu entendi isso, como vindo do Senhor.

Não, não vou postar sobre xenofobia (odeio xenofobia!), mas, o texto tem sim a ver sobre lançar estrangeiros fora. Não pense nada ainda, deixe eu me explicar...

Recomendo a você ler os últimos capítulos de Esdras e o último de Neemias. Nos falam que o povo de Israel começou a se misturar com os outros povos, povos que o Senhor não queria que eles se misturassem.

Porque? Deus era xenófobo? Não!!!!!

Era porque Deus não queria que eles se misturassem com os povos de Canaã, que eram idólatras, e se desviassem do Senhor (o que acabou acontecendo!). Deus sabia que Israel ia ser enganado pelo inimigo e se deixar levar pelo pecado de seus vizinhos.

Em Neemias, ele ordenou ao povo que se livrasse dos seus filhos e esposas de outras nações.
Os filhos deles já estavam falando meio asdodita e não hebraico, ou seja, Israel estava perdendo sua identidade.
Não podemos perder nossa identidade! Não podemos nos esquecer quem somos!

Quando ele mandou que o povo mandasse embora suas novas famílias tenho certeza que doeu no povo. Mas, era necessário. É necessário nos livrarmos do pecado, por mais que seja doloroso!
Eles tinham que ser separados! Separados dos seus vizinhos que viviam em pecado! Santidade!

Era o que Deus queria deles! Não se misturar com o mundo!

É o que Deus quer de nós. Estamos aqui, mas não somos daqui!
Temos que retirar todos os estrangeiros de nossa alma, do nosso coração, de nossas vidas. Tudo que não agrada a Deus! Tudo que é estranho à vontade do Senhor!