Pesquisar

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

2012 Início da Chuva Serôdia - Apóstolo Gláucio Coraiola

2012 - Início da Chuva Serôdia

Todo final de ano planejamos o próximo ano, sonhamos e temos o dia 1º de janeiro como início de uma nova oportunidade, na verdade não percebemos que é um exercício de fé.

Se exercitamos a fé só por alguns dias, e esquecemos que projetos são apenas a externalização dos sonhos que temos, com o passar do tempo vamos perdendo a potencialidade do querer e também do poder.

A palavra de Deus é clara: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho.” (Hebreus 11:1-2). Quase sempre lemos o primeiro versículo e esquecemos do segundo “Porque por ela os antigos alcançaram testemunho”, o nosso testemunho nunca se configurará por alguns dias de fé, mas pela certeza e perseguição dos sonhos, promessas e projetos.


O ano de 2012 será uma marca inequívoca no ministério e na vida de muitos, por ser o ano de abertura de portais espirituais de governo na face da terra, grandes vitórias para o Corpo de Cristo, na cultura, na própria religião, na política, com a entrada de autênticos homens e mulheres de Deus em posição de governo, mudando totalmente nos próximos dez anos o ambiente político de nossa nação.
O povo de Deus passará por sua grande prova financeira, pois a abundância de capital, provará a Igreja: qual Deus verdadeiramente cada um está seguindo, pois os que tiverem compromisso com o Senhor, mesmo na prosperidade continuarão firmes, todavia os que estiverem baseados sua fé e ministério no dinheiro, serão provados neste tempo.
Será o ano da grande abertura da mídia e das comunicações para o reino de Deus. Será como uma descoberta festejada, como se estivesse encoberta e sem aviso estréia e surpreende a todos. Até a Igreja vai se surpreender com a facilidade de assumir a mídia e as comunicações.
Os portões espirituais se abrirão de uma maneira fantástica também nas artes e entretenimento. Principalmente na Igreja inicia um novo ciclo de adoração, não mais de apresentação, mas de profunda adoração através da música e da dança.
A Igreja definitivamente embarcará na responsabilidade de ensinar: os mestres terão um papel fundamental na consolidação da implantação do Reino. É um tempo propício para aprofundar o conhecimento do corpo de Cristo; o ciclo da superficialidade encerra e inicia-se o ciclo do conhecimento.

Chegou o tempo da Chuva Serôdia: é tempo de engordar o fruto. Logo, teremos uma grande abertura nos relacionamentos familiares, pois é um reflexo deste avivamento que inicia em 2012 a fixação dos verdadeiros valores biblicos na família: o homem assumindo a sua função de Sacerdote e provisor, a mulher verdadeira ajudadora, e os filhos, reconhecendo a autoridade dos pais, mas principalmente através do testemunho dos pais. Estes, serão testemunho para uma juventude que se apresenta sem direção.

Chegamos no ano de início da CHUVA SERÔDIA, a água no tempo certo, que engorda e multiplica o fruto.

“Pedi ao Senhor chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo”. Zacarias 10:1.

A boa noticia, é que chegou o tempo de vermos projetos e sonhos começarem a dar certo. Pois quando entendemos que no início da Igreja, foram tempos apostólicos, e ali caiu a chuva temporã, no dia de Pentecostes, entendemos que agora, em um tempo de consolidação do apostólico, novamente, inicia-se um novo ciclo de avivamento, com outras características. Será imprimido com muita força o caráter de Cristo na Igreja, de uma forma tão irresistível, que o mundo será abalado.

Ao avizinhar-se o fim da ceifa na Terra, uma especial concessão de graça espiritual é prometida a fim de preparar a Igreja para a vinda do Filho do homem. Se a chuva temporã produz frutos, a serôdia cria o caráter de Cristo na Igreja, o último e grande avivamento se inicia, antecedendo o grande e temível dia do Senhor.

Não temos duvida que o juízo está próximo; logo também não temos dúvida que a grande colheita se aproxima. Mas se teremos colheita, o que antecede a colheita?

A chuva serôdia.

O ano de 2012 será o início do ciclo de sete anos da chuva serôdia: esta chuva será marcada pelo constrangimento do Espírito sob a Igreja, levando-a ao arrependimento, santidade e testemunho.

Satanás não poderá impedir a chuva que inicia sobre o povo de Deus, pois serão sete anos de avivamento, de fogo e de sobrenatural.

Alguns chamarão de reavivamento, mas é o derramar da Chuva Serôdia, preparação para a grande colheita. “E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” (Mateus 24:14)

Os últimos sete anos foram como um céu nublado: muitos escândalos, pecado no altar, falta de compromisso, religiosidade, métodos e mistura com o humanismo, mundanismo e falta de testemunho. Mas tudo isto anunciava as chuvas que se aproximavam, é chegado o tempo da chuva serôdia.

Se prepare, o aguaceiro será sobrenatural.

Apóstolo Gláucio Coraiola

Fonte: Rede Apostólica Servo da Orelha Furada.

Gláucio Luciano Coraiola – Apóstolo presidente da Rede Apostólica Servo da Orelha Furada. Presidente do Ministério Apostólico Koinonia, sediado em Palmas/TO, do Centro de Treinamento Bíblico Koinonia e da ASSAVI (Associação de Assistência e Valorização à Vida). Membro da diretoria do Projeto Transformação Brasil. Advogado, Dr. Gláucio foi vereador e relator da Lei Orgânica de Guairá/PR. Casado com a Apóstola Marili Coraiola. Foram ordenados apóstolos em 2004 pelo Conselho da Coalizão Apostólica do Brasil. Veja fotos do Ap. Coraiola em Fotos Apostólicas 2 e Fotos Apostólicas 3. Twitter do Apóstolo: @ApCoraiola